sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Desculpa por eu acordar com o pensamento em você
Mas você ainda está presente em meu viver
Desculpa por ainda achar que te tenho em minhas mãos
Mas é que as minhas loucuras saem do meu coração
Desculpa se eu te respiro e te sinto em todo lugar
Mas você se tornou o meu vício, o meu mundo, o meu céu, o meu ar
Desculpa por eu te querer tanto assim
Desculpa por eu te fazer ainda parte de mim
Desculpa por tudo que eu te falei sem pensar
Desculpa por eu simplesmente te amar!

Um comentário:

  1. Liiindo esse poema...
    te amar como o vento, ama-me com seus pensamentos..
    xD

    ResponderExcluir